COMO VIAJAR MAIS?

Uma das perguntas que todo viajante (ou alguém que quer se tornar um viajante) faz é “Como viajar mais barato?“, ou “Como viajar mais, gastando menos?”.

É preciso ter cuidado com este desejo e com as informações que você vai buscar, pois você pode encontrar um monte de dicas por aí que te colocarão em uma roubada.

Porque, viajar mais gastando menos não significa que você tenha que dormir em pardieiros, ou só comer sanduíches, ou não entrar em nenhuma atração ou, ainda, conhecer apenas um destino!

Afinal, queremos viajar mais, mas mantendo a qualidade.

Então, se você viaja, mas fica hospedado em um local horrível, vai acabar se aborrecendo. Se você viaja, mas não pode ir a um restaurante local, não pode entrar nas atrações, não pode visitar locais marcantes, é como se nem tivesse ido! E, se já vai investir o seu dinheiro – sim, viagem é um investimento! 🙂 -, por que conhecer apenas um destino, enquanto poderia conhecer vários?

Então, como fazer tudo isso sem que uma viagem te leve à falência?

Você tem que prestar atenção em duas coisas fundamentais no planejamento de sua viagem: antecedência e pesquisa.

Antecedência

Parece óbvio, mas as pessoas não levam isso em consideração! Por exemplo, compram a passagem, mas deixam pra ver o hotel em cima da hora; pretendem viajar nas férias – ou seja, já sabem com antecedência quando querem ir – mas vão procurar a passagem perto da data de partir.

Portanto, um dos segredos é pensar na viagem com antecedência. Não deixe as coisas – nunca! – para última hora.

Pesquisa

Outra questão é fazer uma pesquisa sobre o destino. Aliás, MUITA pesquisa. Isso também tem uma explicação muito simples: quanto mais informações você tiver sobre os locais que pretende visitar, mais variáveis você consegue e, assim, melhores preços.

Vocês acreditam que tem gente que vai para determinado lugar, mas sem nem saber que atrações existem na cidade?

Então, a pesquisa antes de ir serve para você conhecer bem o seu destino. Assim, você saberá – antes de reservar e comprar qualquer coisa – quais são os melhores bairros da cidade, com os preços mais baratos; em qual hospedagem você poderá ir a pé para algumas atrações; os dias em que as atrações não pagam (em muitos locais os museus têm um dia do mês gratuitos, por exemplo); se em determinado lugar é mais vantajoso alugar um carro ou ir de transporte público, etc. Ou seja, uma série de informações sobre a cidade que vão te ajudar a escolher os melhores locais, com o melhor custo x benefício, para se hospedar, para comer, transporte, etc.